Notícias
Jogando em Minas, São Bento empata com o Villa Nova-MG
03/07/2016

Com o resultado, o Azulão soma mais um ponto na briga pela classificação

Foto: Jesus Vicente / E C São Bento

Em jogo truncado, Villa Nova-MG e São Bento empatam, sem gols, no Estádio Municipal Castor Cifuentes, em Nova Lima, Minas Gerais, neste domingo, 10, pela quarta rodada da fase de grupos do Campeonato Brasileiro Série D. Com o empate, o Azulão de Sorocaba segue líder do grupo A14 com sete pontos; mas tudo depende do jogo entre Portuguesa-RJ e São José-RS que se enfrentam no Rio de Janeiro nesta tarde, 3, às 15h.

Na primeira etapa do jogo, o São Bento seguiu pressionado pelo Villa Nova-MG, não conseguindo trocar passes e nem criar boas jogadas. Diante disso, o Azulão tentou o gol em escanteios e bolas alçadas na grande área. Aos 15’, Valdir teve boa chance em cobrança de falta, mas chutou por cima do gol do Leão. Aos 34’, novamente Valdir tenta, mas a bola passa perto do travessão. Aos 38’, em cobrança de escanteio, Rogério cabeceou sozinho, mas sem sucesso. 

“A gente sabia que seria um jogo difícil. O campo aqui é duro e curto; e estamos acostumados a jogar com a bola no pé. Temos que aproveitar as chances porque são jogos decididos no detalhe”, comenta o atacante Wilson Junior. 

Para a segunda etapa, o técnico são-bentista, Paulo Roberto Santos, pede mais capricho ao time. “No primeiro tempo, eles não utilizaram as suas jogadas de velocidade, porque encurtamos os espaços. Agora, nós temos que caprichar mais e chutar de longe para tentarmos sair daqui com um bom resultado”. 

O segundo tempo começa bem movimentado, com ambas as equipes jogando forte, mas logo volta a ficar amarrado. Novamente o São Bento tenta abrir o placar em escanteios e cobranças de falta. A única boa chance do Azulão aconteceu aos 36’ quando Valdir cobrou falta no travessão do goleiro mineiro. Aos 40’, o goleiro Rodrigo Viana salva o Bentão em uma linda defesa em chute rasteiro. O time paulista volta a tentar o gol em cobrança de escanteio, mas nada que pudesse alterar o placar.

Para o zagueiro Daniel Gigante, o resultado foi bom, mas poderia ter sido melhor. “O empate é bom, mas viemos atrás dos três pontos. Não criamos muito, marcamos forte e quando chegávamos na linha de fundo errávamos o último passe. Foi um jogo difícil, mas não perdemos fora de casa”.

O São Bento foi a campo com Rodrigo Viana; Valdir; Rogério; Daniel Gigante; Pedro Henrique; Leandro Melo (capitão) (cartão amarelo); Felipe Recife (Dogão); Maicon Souza (cartão amarelo); Jô; Anderson Cavalo (João Paulo); e Wilson Junior (Tiago Tremonti).

A comissão de arbitragem foi composta pelo juiz principal Devarly Lira do Rosário, auxiliado por Felipe Alan Costa de Oliveira e Leonardo Henrique Pereira; com Gabriel Murta Barbosa Madel como quarto árbitro. 

O próximo confronto é diante da Portuguesa-RJ no domingo, 10, às 11h, no Estádio Municipal Walter Ribeiro (CIC), pela quinta rodada da fase de grupos do Campeonato Brasileiro Série D.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa | E C São Bento


Outras Notícias
23/02/2019 | Campeonato Paulista | Mirassol X São Bento
21/02/2019 | Esporte Clube São Bento decreta luto oficial pela morte de Mickey
20/02/2019 | Tabela Série B: Confrontos do primeiro turno foram definidos; São Bento estreia contra o Atlético GO, no CIC
18/02/2019 | Campeonato Paulista | Oeste X São Bento
14/02/2019 | Reforço no ataque: São Bento contrata jovem Cafu
14/02/2019 | Volante Pablo fecha contrato com São Bento
13/02/2019 | Venda de ingressos para o jogo entre São Bento X Corinthians tem início nesta quinta-feira
11/02/2019 | Esporte Clube São Bento anuncia novo treinador
10/02/2019 | Nota Oficial: Marquinhos Santos deixa o comando do São Bento
09/02/2019 | Campeonato Paulista | São Bento X Ferroviária