Notícias
Bentão conhece sua primeira derrota no Paulistão
07/03/2016

Com o resultado, o Bentão perdeu sua invencibilidade na competição.

Foto: Jesus Vicente | EC São Bento

O São Bento enfrentou a equipe do Red Bull Brasil na noite de domingo (6), em Campinas, e saiu derrotado pelo placar de 2 a 0. Os gols da partida foram marcados por Roger e Edmilson.

O JOGO

Embalado por duas vitórias consecutivas, os donos da casa partiram pra cima do Bentão nos primeiros minutos de jogo. Aos 6, após cruzamento da esquerda, o atacante Roger cabeceou livre, para a boa defesa de Henal. O Bentão respondeu aos 13: após lançamento de Anderson Cavalo, Rossi cruzou pela esquerda, mas a bola não encontrou ninguém na área para finalizar, mesmo sem goleiro. Aos 15, o Red Bull chegou com perigo, exigindo ótima defesa de Henal, cara a cara com o atacante. Aos 23, novamente pela esquerda, Thiago Galhardo cruza rasteiro e encontra Roger, que fuzila para o gol. Novamente, grande defesa de Henal! O São Bento teve a sua melhor chance no primeiro tempo aos 31: Diego Clementino encontrou Rossi dentro da área. O atacante girou e bateu, mas o zagueiro campineiro salvou em cima da linha. Quase gol do Bentão! Mas, no futebol, quem não faz, toma. E foi o que aconteceu com o Azulão: aos 39, após cruzamento na área, o atacante Roger cabeceou para o gol e abriu o placar no Moises Lucarelli: 1 a 0 para o Red Bull, e fim da primeira etapa.

Mesmo na frente do placar, o Red Bull começou o segundo tempo em alto ritmo. E a insistência valeu: logo aos dois minutos, o bate e rebate na área do Bentão resultou no segundo tento da partida. Red Bull 2 a 0. Procurando dar mais posse de bola ao São Bento, o técnico Paulo Roberto promoveu a entrada de Fernandinho no lugar de Rossi aos 14. Quatro minutos depois, foi a vez de Éverton Sena entrar no lugar de Clébson, sentindo dores. O Bentão partiu pra cima do touro loko. Éverton Sena, aos 27, invadiu a área e arriscou o chute, defendido pelo goleiro Saulo. Na parte final do jogo, Paulo Roberto trocou Éder por Hygor, dando mais ofensividade ao time. Aos 34, Éverton Sena e João Paulo dividiram a mesma bola cruzada e exigiram brilhante defesa de Saulo. Não era a noite do ataque do Bentão. Já aos 45 minutos, João Paulo subiu mais que a zaga do Red Bull e fez a bola explodir no travessão. E não teve mais jeito: fim de jogo, fim da invencibilidade no Paulistão Itaipava. Placar final: 2 a 0 para o Red Bull.

O próximo compromisso do Azulão está marcado para sábado (12), às 16h, no Estádio Municipal Walter Ribeiro (CIC), diante do Rio Claro.

São Bento: Henal, Bebeto, Pitty, João Paulo, Marcelo Cordeiro; Fabio Bahia, Éder (Hygor), Clebson (Éverton Sena); Diego Clementino, Rossi (Fernandinho) e Anderson Cavalo.

Fonte: Assessoria de Imprensa EC São Bento


Outras Notícias
06/10/2018 | Brasileiro Série B | São Bento X Guarani
03/10/2018 | Sorteados para ação de intervalo: São Bento X Guarani
02/10/2018 | São Bento X Guarani: Ingressos à venda
28/09/2018 | Jogadores da categoria de base do São Bento participam de palestra sobre manipulação de resultados
26/09/2018 | Luto
26/09/2018 | Brasileiro Série B | Fortaleza X São Bento
22/09/2018 | Brasileiro Série B | São Bento X Boa Esporte
17/09/2018 | Esporte Clube São Bento apoia ação solidária para o dia das crianças
15/09/2018 | Brasileiro Série B | Figueirense X São Bento
11/09/2018 | Esporte Clube São Bento comemora 105 anos de história